FRANCINE FELIZARDO DESMASCARA CANTORA WALKIRIA SANTOS EM REDE NACIONAL

Francine Felizardo protocola nesta semana a Lei criada por ela, a suposta Lei Lucas santos, que havia passado em sigilo em WhatsApp à cantora Walkiria Santos no dia 05 de agosto de 2021. Segundo a jornalista, ao passar a Lei criada por ela a anos atras em sigilo à cantora Walkiria Santos, imediatamente a mesma se apoderou indevidamente da Lei criada por Francine (ROUBOU) em seguida à bloqueou do WhatsApp e segundo Francine,a cantora deu uma de Monique Borel, se produzindo toda em sessões de fotos, toda arrumada com pose,em celular em mãos, com a frase: LEI LUCAS SANTOS #JÁ! Imediatamente surgiram vários parlamentares se aproveitando do momento se auto intitulando criadores da Lei de Francine Felizardo.

Eu não esperava que ela faria isto! Jamais imaginava que ela chegaria a tal ponto de baixaria, ela foi BAIXA!Exclamou Francine Felizardo, a verdadeira criadora da Lei, que segundo ela foi criada a anos em virtude das vítimas da Baleia Azul e outros jogos mortais que estavam bombando na internet e em todas as redes sociais! Eu imaginava que ela estava de cama chorando a perda do filho dela, quando abri o notebook e vi ela fazendo campanha com a minha Lei fiquei confusa e cheguei até a questionar se ela estava mesmo sofrendo ou usando a minha Lei para obter o sucesso do qual ela nunca havia tido em toda a sua trajetória como cantora, afinal, quem era a tal cantora Walkiria Santos? Eu falei com ela tinha 100 mil seguidores no Instagram e agora está com quase 2 milhões e pior, ela estava, junto com os tais parlamentares mentindo para o Brasil inteiro… EU TENHO PROVAS-diz Francine.

Foto: Arquivo pessoal

A conversa com ela no WhatsApp e todo o momento que vai desde o meu trabalho de amparo, até o exato momento em que eu passei o meu projeto em formato de Lei para ela para acalma-la, pois esta Lei salvaria a vida de crianças vitimas de crimes de internet, até o momento em que ela me bloqueou e começou a fazer campanha com a minha Lei, quem quiser ver, está tudo aqui no meu celular e a Lei? Está aqui no histórico do meu notebook a anos, criada.

Francine acredita que o blogueiro Lucas Santos não atentou contra a própria vida em decorrencia de comentários homofóbicos na internet e sim pelo suposto comportamento homofóbico que ele sentiu na pele dentro da sua própria família, pois antes dele cometer o ato de suicídio, o mesmo publicou um vídeo nas suas redes sociais, explicando que tudo não passava apenas de uma simples diferença e a preocupação dele não se dirigia aos comentários e sim aos comportamentos que ele iria encontrar dentro da sua própria família.

A minha mãe vai-me matar, a minha tia vai-me bater e com razão-disse Lucas! Segundo Francine, a falta de apoio familiar, faz com que a vítima se sinta culpada e passa a enxergar o fato como um caminho sem volta, pois na cabeça da vítima a falta de apoio familiar a faz sentir sozinha numa situação sem saída. No caso de Francine, devido a este tipo de comportamento familiar, ela deixou de falar com praticamente toda a sua familia, incluindo irmão e irmãs, das quais não pretende mais se associar até o fim da vida. Diz Francine.

O Brasil acreditou numa mentira, contada por uma mulher aparentemente desequilibrada e oportunista, que em momento algum pensou na saúde mental de Francine ao se apropriar indevidamente do seu projeto de anos (ROUBOU A LEI DE FRANCINE) tentando então apagar toda a história de quase 20 anos de luta no Combate aos crimes de Internet dela. Durante quase 20 anos, a jornalista Francine Felizardo, deu entrevistas, palestras em empresas, em escolas, com registro de fotos, áudios e vídeos, escreveu livros, a sua Autobiografia A LENDA ONLINE que mostra registros também de como Francine atentou contra a própria vida por falta de apoio da familia 2 vezes, ficou em tratamento em cama por 6 anos e o pior, a perda do seu filho.

Ela criou a apostila (JÁ PRONTA PARA AS AULAS) até fez um roteiro de filme com toda a trajetória que fez de Francine a MAIOR VITIMA DE CRIMES DE INTERNET DO BRASIL, do qual pretende vender para uma emissora de TV A CABO o mais rápido possível. Francine acredita que a internet está desgovernada composta de várias Leis copiadas do texto original DELA (PL 6375/2013) que hoje se chama Marco Civil da Internet e precisamos mexer nela para que haja somente uma ÚNICA LEI MUNDIAL para a rede de computadores do mundo e para isto a liberdade de expressão precisa ser conservada.

Quando Francine Felizardo criou o PL 6375/2013, não havia Banda Larga e Operadoras de Celular do projeto do governo de Dilma Rousseff chamado (Banda Larga Para Todos), porém depois que a Intelbras no ano de 2013 derrubou a Marco Civil, a Lei se tornou vazia e sem sentido, foi onde então pensaram o texto de Francine à (Marco) Civil que modificou totalmente todo o seu contexto passando então de uma Lei comercial para uma Lei criminal com sistema de monitoramento criado pela jornalista e hoje a Marco Civil está sendo usada inclusive fora do Brasil, más está descontrolada-afirma Francine Felizardo. A jornalista Francine ficou em depressão por 3 meses por ter mais uma vez a sua Lei roubada, más ela hoje entende que esse processo foi importante, pois segundo a jornalista, a cantora Walkiria Santos foi a grande divulgadora da Lei Francine Felizardo que hoje se encontra aprovada em praticamente todos os âmbitos e entendo isto.

Francine então entende que esse processo mau caráter foi necessário e agora ela está pronta para trazer a Lei Lucas Santos que, na verdade se chama Lei Francine Felizardo para São Paulo, para o resto do Brasil e para o mundo. Francine estava afastada das redes sociais, justamente devido aos últimos acontecimentos, mas agora ela está de volta e pede para que todos a procurem e acompanhem o seu trabalho de quase 20 anos no Combate aos crimes de internet, nos perfis LEI FRANCINE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.