História de superação de Luciana Torralles

Luciana Torralles , se tornou uma mulher confiante e forte pelos desafios que levaram ela a ser motivo de superação e empoderamento, nascida na periferia, estudou em escola pública, teve seu primeiro emprego em uma conhecida rede de lanchonetes, mas correu atrás, se formou em Engenharia Civil, formou família, em 2013 conseguiu ter seu primeiro filho após anos de tratamento e quatro abortos, mas nunca desistiu, conseguiu engravidar naturalmente,  após, teve uma nova gestação em 2014, gravidez de risco, uma bebê que exigiu mais cuidados mas sempre esteve confiante .

   Sendo uma mulher batalhadora foi em busca de soluções, mas nesse meio tempo teve uma triste surpresa, descobriu um câncer raríssimo, e mesmo com todos os recursos,  foi submetida a uma amputação parcial no 5o dedo da mão esquerda em março de 2016, foi uma decisão difícil, mesmo sendo uma pequena parte do seu corpo sofreu muito emocionalmente na sua reabilitação. Ao retornar da licença médica foi desligada da empresa, tendo duas crianças pequenas, mas não se abateu, resistiu ao longo tratamento, mesmo desempregada, correu atrás, conseguiu assistência no AC Camargo pelo SUS, onde faz tratamento até hoje.

  Após meses desempregada foi convidada para ser coordenadora de projetos e obras da Subprefeitura de Perus/Anhanguera, São Paulo, aceitou a proposta e três meses depois o secretário Bruno Covas, que hoje é nosso atual prefeito de São Paulo convidou Luciana a ser Prefeita Regional, mesmo sendo um grande desafio passou por cima de seus obstáculos, continuou cuidando de seus filhos, fazendo seu tratamento, mas nunca perdeu a fé, sempre soube do propósito de Deus na sua vida e tem imensa gratidão pelo seu caminho até hoje.

Hoje Luciana , incentiva mulheres através de suas redes sociais , sua história de vida , comove todos a sua volta.

“Todos os dias procuro levar amor as pessoas , não fico pensando nas dores que senti, eu olho pra frente e sigo , feliz e com muita fé e gratidão, eu amo a vida. Eu escolhi ser feliz. ( finaliza Luciana Torralles )”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *